Biblioteca Central expõe equipamentos antigos utilizados até a década de 1990

Projetor de 16 milímetros, retroprojetor, fita cassete, projetor de slides, videocassete, aparelho de som 4 em 1, televisores, mapas. Para muitas pessoas, principalmente das novas gerações, estes nomes não querem dizer muita coisa. Mas tais equipamentos já foram muito utilizados para a divulgação do conhecimento e o estímulo ao debate.

Para que as novas gerações conheçam estas antigas tecnologias e saibam como as aulas eram ministradas no passado, a Biblioteca Central, no campus de Goiabeiras, abre nesta terça-feira, 14, às 9 horas, a exposição Obsoletos? A história do audiovisual na Biblioteca Central, reunindo equipamentos utilizados pela comunidade universitária na prática educativa até a década de 1990 e que se encontravam armazenados em salas da Biblioteca. A mostra, que ficará exposta permanentemente, será aberta ao público com entrada gratuita.

A exposição faz parte das comemorações dos 65 anos da Universidade, celebrados este mês. “Trazer estes objetos para serem expostos é um resgate da memória dos ‘antigos’ e um despertar da curiosidade dos mais jovens”, afirma o diretor da Biblioteca Central, Fábio Medina.

Audiovisual

Os aparelhos que compõem a exposição eram utilizados por usuários e docentes no Setor de Audiovisual da Biblioteca Central, criado na década de 1980. Os servidores do setor, que funcionou até 2017, eram os responsáveis por viabilizar aulas e seminários, além de atender à intensa demanda de solicitações de reservas. “Para entender a grande procura por esses equipamentos naquela época, basta imaginar como seriam as aulas de hoje sem um projetor multimídia, um notebook ou uma rede wifi”, explica Lírio Guterra, idealizador da exposição. Lírio é servidor da Ufes há mais de 30 anos e é o único funcionário remanescente do setor.

A mostra vai apresentar ao público equipamentos que foram preservados ao longo dos 65 anos da Ufes e que continuam funcionando, além de um amplo acervo. “Em um mundo onde a tecnologia se realimenta a cada segundo, elementos como fitas cassete, projetores de filmes de 16 milímetros e aparelho de som 4 em 1, por exemplo, são fontes de curiosidade e estímulos à imaginação dos visitantes”, finaliza Lírio.

A exposição Obsoletos? A história do audiovisual na Biblioteca Central tem organização e montagem de Fábio Medina, Lírio Guterra, Morgana Andrade e Patrícia Barros. A mostra estará exposta ao público de segunda a sexta, das 7 às 21 horas, e aos sábados, das 7 às 13 horas.

Texto: Adriana Damasceno
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.