Biblioteca Central terá sala com recursos para atender pessoas com deficiência

A Biblioteca Central da Ufes iniciou obras de reforma e adequação do espaço para a criação de uma sala de atendimento aos usuários e uma sala com recursos de tecnologia assistiva para atender pessoas com deficiência.

A sala com tecnologia assistiva contará com equipamentos, adquiridos por meio do Núcleo de Acessibilidade da Ufes (Naufes), que terão a função de  promover maior autonomia e independência de pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida, na utilização dos recursos da biblioteca.

Entre os equipamentos estão leitoras autônomas, impressoras em Braille, scanner com voz, software de leitura de telas e uma máquina fusora de relevos que possibilita a leitura de mapas, diagramas e gráficos.

As obras estão sendo realizadas no segundo andar do prédio. O funcionamento da Biblioteca não será prejudicado mas, para proteger os livros, foi necessário cobrir com lona algumas estantes. “Os usuários que precisarem de livros que estejam nesses locais podem solicitar o auxílio dos servidores”, orienta o diretor da Biblioteca Central, Fábio Medina.

Ele orienta ainda que, durante o período da obra, estimada para 30 dias, os usuários deem preferência à ocupação das mesas de estudo localizadas no térreo e no primeiro andar do prédio.

A obra é uma ação conjunta da Administração Central da Ufes, da Pró-Reitoria de Assistência Estudantil e Cidadania (Proaeci) da Biblioteca Central com o objetivo de promover formas de inclusão das pessoas no ambiente acadêmico.

Comissão de Acessibilidade

Com o objetivo de elaborar um Plano de Ação de Acessibilidade a curto, médio e longo prazo para os campi da Ufes, a Administração Central criou em maio deste ano uma Comissão de Promoção da Acessibilidade. A finalidade é propor ações, diretrizes e políticas de acessibilidade e inclusão social das pessoas com deficiência nos ambientes da Instituição, além de acompanhar a utilização de recursos que eliminam barreiras de comunicação e de acesso das pessoas com deficiência.

A Comissão também tem a função de buscar alternativas ao acesso e à permanência desses usuários na Universidade, procurando eliminar barreiras de acessibilidade atitudinal (comportamental), arquitetônica, metodológica, programática, instrumental, de comunicação e digital. Uma das ações já previstas é a realização de uma campanha de conscientização que pretende sensibilizar toda a comunidade universitária sobre o tema.

A Comissão é composta por sete servidores e presidida pelo professor do Departamento de Educação, Política e Sociedade, do Centro de Educação (CE) Douglas Christian Ferrari de Melo, que desde março também está à frente do do Núcleo de Acessibilidade da Ufes (Naufes).

Criado por meio da Resolução nº 31/2011 do Conselho Universitário, o Naufes tem a finalidade de coordenar e executar ações relacionadas à promoção de acessibilidade e mobilidade, bem como acompanhar e fiscalizar a implementação de políticas de inclusão das pessoas com deficiência na educação superior, tendo em vista seu ingresso, acesso e permanência no âmbito universitário.

 

Texto: Thereza Marinho, com colaboração de Jorge Medina. 

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.