Cerca de 200 professores e estudantes participam de encontro avaliativo do Programa de Residência Pedagógica

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da Ufes promoveu nesta sexta-feira, 1º, um encontro do Programa de Residência Pedagógica. Cerca de 200 pessoas compareceram ao evento, realizado no Cine Metrópolis (campus de Goiabeiras), incluindo professores e estudantes dos campi da Ufes de Goiabeiras, Alegre e São Mateus, além de representantes de escolas municipais e secretarias de Educação das cidades onde o programa é desenvolvido. 

O Programa de Residência Pedagógica iniciou suas atividades em agosto de 2018, tendo como principal objetivo desenvolver ações formativas em instituições de ensino da rede pública, considerando o fortalecimento da formação inicial de professores, a formação contínua de docentes e as práticas colaborativas entre universidade e escola.

A pró-reitora de Graduação, Zenólia Figueiredo, explica que a previsão de encerramento das atividades do programa é janeiro de 2020 e, por isso, o evento teve um caráter avaliativo, com a intenção de reunir os participantes para a produção de sínteses e indicativos produzidos nesse percurso.

“Foi um momento para que estudantes, professores orientadores, professores das escolas e gestores pudessem se reunir em tomo de reflexões, ações conjuntas e produção de conhecimento, considerando a melhoria da qualidade de formação de professores nos cursos de licenciaturas e a consolidação de práticas de ensino na educação básica, que possibilitem processos de renovação pedagógica e de organização do trabalho pedagógico”, afirma.

Um resumo dos trabalhos dos estudantes também foi apresentado em formato de pôster na passarela principal do campus de Goiabeiras, ao lado da Prograd.

Estágio

O Programa de Residência Pedagógica é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores e tem por objetivo induzir o aperfeiçoamento do estágio curricular supervisionado nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso.

Essa imersão deve contemplar, entre outras atividades, regência de sala de aula e intervenção pedagógica, acompanhadas por um professor da escola com experiência na área de ensino do licenciando e orientadas por um docente da sua instituição formadora.

A Residência Pedagógica é vinculada à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). 

Texto: Thereza Marinho
Foto: Danielle Gonçalves (estagiária de Comunicação)

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.