Novo reitor da Ufes fala sobre sua nomeação e divulga nota à comunidade universitária

“Foi uma notícia inesperada a da minha nomeação, em lugar do nome de Ethel, como seria óbvio e natural esperar”. É com essas palavras que o professor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo e diretor do Centro de Artes, Paulo Sérgio de Paula Vargas, expressa o sentimento de surpresa ao ser nomeado o novo reitor da Ufes. A nomeação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União na noite da última segunda-feira, 23.

Veja abaixo nota dirigida aos membros da comunidade universitária.

O nome de Paulo Vargas foi o segundo colocado na lista tríplice encaminhada ao Ministério da Educação (MEC) com os nomes dos professores indicados ao cargo de reitor para o quadriênio 2020-2024. Além do nome de Vargas, compunham a lista os nomes da professora Ethel Leonor Noia Maciel e do professor Rogério Naques Faleiros. Embora a professora Ethel Maciel, então vice-reitora da Universidade, tenha sido a primeira colocada em número de votos, o presidente da República tem a prerrogativa de escolher qualquer um dos nomes da lista (Decreto nº 1.916/96), composta a partir de votação pelo Colégio Eleitoral da Ufes, em eleição ocorrida no dia 5 de dezembro de 2019.

O novo reitor da Ufes declarou que, embora fazendo parte da lista tríplice, tinha a expectativa de que a escolha da comunidade acadêmica fosse respeitada, democraticamente, com a nomeação da professora Ethel, com a qual compartilha de projetos semelhantes para a Ufes, como a defesa da educação pública, gratuita e de qualidade; da autonomia universitária, pautada por uma gestão democrática e participativa; do respeito aos direitos humanos fundamentais para a garantia do exercício da cidadania plena, entre outros que compõem o programa de sua gestão.

“Embora lamentando que o nome da professora Ethel tenha sido preterido, firmo o compromisso de assumir a gestão da Universidade e fazer a defesa incondicional dos princípios da autonomia universitária, do ensino público, gratuito e de qualidade, da gestão democrática e participativa e do respeito aos direitos humanos fundamentais para a garantia do exercício da plena cidadania”, afirma.

Paulo Vargas assumiu ainda o compromisso de administrar a Ufes com o diálogo aberto e franco em relação aos segmentos da comunidade universitária e suas instâncias representativas – a Associação dos Docentes da Ufes (Adufes), o Sindicato dos Trabalhadores da Ufes (Sintufes) e o Diretório Central dos Estudantes (DCE) –, e de fazer uma gestão que qualifique cada vez mais o ensino, a pesquisa e a extensão, com fins ao desenvolvimento científico e social.

Apoio

O professor também agradeceu as manifestações de apoio que vem recebendo desde a divulgação do ato de sua nomeação, especialmente da professora Ethel Maciel: “Agradeço pelas manifestações de apoio e confiança que Ethel tem me dirigido neste delicado momento em que as circunstâncias colocam sob a minha responsabilidade o dever de conduzir a reitoria da Ufes. Tenho consciência dos desafios futuros que se colocam para a Ufes e será necessário contar com a participação de todos e todas para enfrentá-los”.

Após receber a notícia da nomeação de Paulo Vargas à reitoria da Ufes, Ethel Maciel divulgou uma nota declarando publicamente seu apoio ao novo reitor: “Quero agradecer a todas e todos que fizeram parte dessa trajetória de defesa de uma educação pública, gratuita e de qualidade, especialmente em defesa da Universidade Federal do Espírito Santo. Mesmo não sendo nomeada como a gestora máxima, estarei todos os dias comprometida com o projeto construído coletivamente para esta instituição, visando à sua potência para toda a sociedade capixaba. E, neste momento de tantas incertezas quanto ao futuro, declaro o meu apoio ao reitor Paulo Vargas para dar serenidade na continuidade de um projeto coletivo para nossa Universidade”.

Posse

A posse de Paulo Vargas ainda não tem data definida e deverá ocorrer a distância, devido às restrições de deslocamento e reuniões colocadas em função da epidemia do novo coronavírus. No entanto, o professor já assumiu a função de reitor nesta terça-feira, 24.

Paulo Sérgio de Paula Vargas é graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Ufes, mestre em Arquitetura pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente, é professor associado I da Ufes no curso de Arquitetura e Urbanismo, diretor do Centro de Artes e subcoordenador do Laboratório de Planejamento e Projetos da Ufes.

Texto: Thereza Marinho
Foto: Ana Paula Vieira

 

NOTA AOS MEMBROS DA COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA

A minha nomeação para o cargo de reitor apanha todos nós de surpresa. Sei perfeitamente que a escolha do presidente diverge dos anseios expressos pela comunidade acadêmica. Esperávamos a nomeação da professora Ethel, que seria o mais óbvio e natural, observado o processo democrático interno da Universidade. Mas, vivemos tempos atípicos... De todo modo, sabia-se que esta era uma possibilidade que estava dada, quando conseguimos compor a lista tríplice no colégio eleitoral, constituída por nomes afinados com o projeto vencedor na consulta realizada junto à comunidade universitária, sob a liderança de Ethel e Roney.

Ainda sob o impacto desta inesperada nomeação, gostaria de dizer que entendo e respeito alguns posicionamentos indignados em face da não observância da escolha preferencial da comunidade acadêmica, pois fere questões de princípios da democracia universitária, com os quais também comungamos. Porém, quando eu e o professor Rogério Faleiros, juntamente com Ethel, aceitamos fazer parte da lista tríplice, assumimos formalmente por escrito o compromisso de aceitar a nomeação de qualquer dos nossos nomes por livre escolha do presidente. A decisão está dada e cumpre-me o papel de desempenhar o cargo para o qual fui nomeado.

O ato de nomeação do novo reitor da Ufes frustra a expectativa da comunidade universitária que ansiava pela primeira reitora da Universidade. No entanto, por outro lado, esta nomeação sacramenta a confirmação do projeto vencedor submetido ao escrutínio sob a liderança de Ethel e Roney, considerando o fato de que o mesmo foi sempre assumido integralmente por mim e os demais membros da lista que, desde o início, participamos da sua elaboração. Tanto é assim que a professora Ethel, de maneira extremamente íntegra e compromissada com a Ufes, após a nomeação, manifestou o seu apoio e confiança no nosso nome para a condução deste projeto na próxima gestão. Agradecemos à professora Ethel por este gesto honrado e coerente com a sua trajetória pessoal e profissional.

Temos um enorme desafio pela frente na condução dos destinos da nossa Universidade e aquilo de melhor que pudermos construir dependerá do apoio e participação de toda a comunidade universitária. Neste sentido, quero agradecer as manifestações de apoio, especialmente da professora Ethel, e conclamar a todos da comunidade acadêmica para a unificação em torno do projeto que se sagrou vencedor nas urnas, juntando forças no enfrentamento dos desafios que se impõem para a nossa universidade nestes novos tempos. Permanecemos Juntos pela Ufes!

Paulo Sérgio de Paula Vargas
Reitor da Ufes

 

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.