Ufes inaugura painel com os 30 artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Uma solenidade cercada de emoção. Foi assim a inauguração do painel contendo os 30 artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, realizada na manhã desta quinta-feira, 2, no campus de Goiabeiras. Afixado na parede externa do Cine Metrópolis, o painel, com seis metros de altura e oito de largura, tem a proposta de ser um marco do papel da Universidade na defesa contra qualquer tentativa de violação dos direitos humanos.

A inauguração faz parte da programação em homenagem ao aniversário de 65 anos da Ufes, celebrado em 5 de maio. A primeira atividade foi realizada às 9 horas, com o hasteamento das bandeiras do Brasil, do Espírito Santo e da Universidade, em frente ao Teatro Universitário, no campus de Goiabeiras.

Durante a solenidade, a estudante do curso de Pedagogia Geovana dos Santos, cega, leu em braille o primeiro artigo da Declaração: “Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade”. Outros artigos também foram lidos por membros da comunidade acadêmica.

“Nós estamos aqui, inaugurando este painel, para reafirmar que esta instituição é uma instituição que apoia os direitos humanos e em todas as suas instâncias lutará para que eles permaneçam vivos e para que nossa Constituição de 1988 seja mantida. Estaremos aqui, lutando pela democracia em nosso país”, afirmou a vice-reitora Ethel Maciel.

Defesa das universidades

O reitor Reinaldo Centoducatte destacou que a celebração dos 65 anos da Ufes deve ser um momento em que a sociedade reflita sobre a importância das universidades federais para o país.

“Infelizmente, vivemos um momento em que querem desqualificar e destruir as universidades brasileiras. Mas nós fazemos parte da nação, fazemos parte das instituições brasileiras e vamos lutar para impedir que atinjam nossas universidades. Não podem destruir aquilo que foi construído com o esforço, com a dedicação e com o trabalho de muitos. A Ufes não é obra da nossa gestão, nós somos passageiros. Mas, enquanto aqui estivermos, seremos aqueles que defenderão não só a Ufes, mas todas as universidades e instituições do Estado brasileiro”, destacou.

A solenidade contou com a presença da secretária de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Cristina Engel; da subsecretária de Políticas para Mulheres da Secretaria Estadual de Direitos Humanos, Juliane Barroso; dos membros da Comissão de Direitos Humanos da Ufes; e da presidente da Comissão de Elaboração de Políticas para a Prevenção de Assédio Sexual e Violência de Gênero na Ufes, professora Catarina Gazele; além de professores, servidores técnicos e estudantes da Universidade.

A inauguração foi encerrada pelo estudante do curso de licenciatura em Música Matheus Alves, que executou, em flauta transversal, a música Lamentos, de Pixinguinha. Ele ressaltou que a música foi inspirada em um momento triste vivido pelo compositor que, em uma homenagem para a qual foi convidado na década de 1920, em um hotel do Rio de Janeiro, foi barrado na entrada e orientado a entrar pelos fundos, pelo fato de ser negro.

Lançamento de selo e palestra

Ainda nesta quinta-feira, 2, às 18h30, no Teatro Universitário, haverá a abertura solene das comemorações com o lançamento de um selo filatélico e um carimbo comemorativos com a logomarca dos 65 anos produzida pela Superintendência de Cultura e Comunicação da Ufes. A primeira obliteração (carimbo) do selo será realizada pelo reitor Reinaldo Centoducatte.

O selo ficará sob posse da Ufes (não será vendido nas agências), podendo ser usado em correspondências oficiais enviadas pela Universidade, como presente para autoridades e para a composição de coleções filatélicas.

Durante a solenidade, a Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) fará uma apresentação. Logo após, a filósofa, psicóloga, psicanalista e poetisa Viviane Mosé (graduada em Psicologia pela Ufes) ministrará a palestra A Educação Pública e a Sociedade em Rede: avanços e retrocessos.

 

Texto: Thereza Marinho
Foto: Jorge Medina

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.